EUA confirmam 3.009 casos de nova gripe, diz CDC

WASHINGTON (Reuters) - Os Estados Unidos têm agora 3.009 casos confirmados da nova gripe H1N1 em 45 Estados e em Washington D.C., disse o Centro para Controle e Prevenção de Doenças nesta terça-feira. O surto de gripe suína tem sido, em grande parte, brando nos EUA, com três mortes, disse o CDC em comunicado.

Reuters |

Autoridades do CDC disseram que o vírus está espalhado pelo país e testes estão reduzindo o real número de casos.

Anne Schuchat, médica do CDC, disse que autoridades de saúde estão especialmente preocupadas após pesquisas mostrarem que o vírus da gripe convencional segue circulando e pode se combinar com a nova cepa H1N1, em pessoas ou em porcos.

"A hipótese de trabalho para muitos da comunidade da gripe agora é que esta cepa estava circulando em porcos em algum lugar, e em algum momento se transformou sendo capaz de infectar humanos mais fácil", disse Schuchat a repórteres por telefone.

"Infelizmente, mutação acontece. E isto significa que os vírus que estamos vendo agora podem trocar material genético com outros vírus que estão circulando. Isto pode acontecer em humanos, em porcos, em pássaros", ela disse.

Não apenas os vírus de gripes convencionais estão circulando, mas também o vírus da gripe aviária (H5N1), que até agora infectou poucos indivíduos mas matou 258 das 423 pessoas que foram contaminadas desde 2003.

Schuchat disse ser importante usar drogas antivirais somente quando necessário, porque os vírus da gripe podem desenvolver resistência aos remédios com grande facilidade.

(Reportagem de Julie Steenhuysen e Maggie Fox)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG