EUA condenam homem à prisão perpétua por apoiar Al Qaeda

Nova York, 15 set (EFE).- Um homem foi condenado hoje em Nova York à prisão perpétua por fornecer apoio material à organização terrorista Al Qaeda, informou a Promotoria federal em Manhattan.

EFE |

Em maio passado o condenado, Osama Abdullah Kassir, de 43 anos e que possui nacionalidade libanesa e sueca, foi considerado culpado de 11 crimes relacionados com atividades de apoio a terroristas, após um julgamento que durou quatro semanas.

Ao ditar a sentença, o juiz federal John Keenan disse que o condenado era uma ameaça evidente para a segurança pública, conforme está relatado no comunicado da Promotoria.

As autoridades americanas alegam que Kassir e outros conspiradores tentaram estabelecer um campo de treinamento no estado do Oregon, onde muçulmanos poderiam receber formação militar para, depois, serem enviados ao Afeganistão.

Segundo a Promotoria, Kassir já teria dito que apoiava Osama bin Laden e que tinha recebido treinamento no Paquistão para a jihad (guerra santa). Uma testemunha afirmou que o condenado também teria um CD com instruções para fabricação de bombas e venenos. EFE vm/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG