EUA condenam comentários de novo chanceler de Honduras sobre Obama

Tegucigalpa, 7 jul (EFE).- O embaixador dos EUA em Honduras, Hugo Llorens, condenou hoje os comentários desrespeitosos e racialmente insensíveis do novo chanceler hondurenho, Enrique Ortez, sobre o presidente americano, Barack Obama.

EFE |

Em entrevista a um canal de televisão semana passada, Ortez disse que Obama é um "negrinho que não sabe onde fica Tegucigalpa". O comentário foi reproduzido pela imprensa local nos últimos dias.

"Estes comentários são profundamente degradantes para o povo americano e para mim. Estou assustado e condeno fortemente estas palavras", disse o embaixador em nota à imprensa.

"Expresso minha profunda indignação em relação aos infelizes comentários desrespeitosos e racialmente insensíveis do senhor Enrique Ortez Colindres sobre o presidente Barack Obama", apontou Llorens em sua breve declaração, sem mencionar as palavras do chanceler hondurenho.

O novo ministro das Relações Exteriores de Honduras fez os comentários sobre Obama ao responder perguntas sobre o papel dos Estados Unidos na crise que assola Honduras desde a queda do presidente Manuel Zelaya, em 28 de junho. EFE.

lam/dp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG