EUA condenam atentado suicida contra a Otan em Cabul

Os Estados Unidos condenaram o atentado que custou a vida de seis soldados italianos e de dez civis afegãos nesta quinta-feira em Cabul, e asseguraram que o ataque reforça a determinação de Washington de combater a insurgência no Afeganistão.

AFP |

"Os Estados Unidos condenam firmemente esse ato de violência gratuita", disse nesta quinta-feira o porta-voz Ian Kelly do Departamento de Estado.

"Essa brutal ação terrorista reforça a necessidade de que os Estados Unidos e seus aliados, em associação com o povo do Afeganistão, continuem nosso trabalho tão importante", acrescentou o porta-voz no comunicado.

Pelo menos seis soldados italianos da Otan e dez civis afegãos morreram nesta quinta-feira em um atentado suicida em Cabul, um dos mais sangrentos cometidos contra as tropas ocidentais no Afeganistão, reivindicado pelos talibãs.

A explosão foi registrada pouco depois do meio-dia, a 1,5 km da embaixada norte-americana, na movimentada estrada que leva ao aeroporto, e destruiu um veículo da Força Internacional de Assistência à Segurança da Otan (Isaf).

lc/dm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG