EUA condenam ataque na Argélia e reiteram apoio na luta contra terrorismo

Washington, 19 ago (EFE) - Os Estados Unidos condenaram hoje energicamente o atentado na Argélia contra a Escola Superior da Gendarmaria Nacional de Les Issers, na Cabília, e reafirmaram seu compromisso de colaborar com as autoridades na luta contra o terrorismo. Em um breve comunicado, o porta-voz adjunto interino do Departamento de Estado americano, Robert Wood, transmitiu as mais profundas condolências do Governo às famílias das vítimas e seus pensamentos e orações para os feridos. Os EUA continuam comprometidos com a cooperação (...

EFE |

) na luta contra o terrorismo e firmes em nosso apoio aos cidadãos argelinos que reivindicam paz, segurança e prosperidade", afirmou Wood.

Um terrorista suicida cometeu hoje um novo massacre na Argélia com um carro-bomba contra a Escola Superior da Gendarmaria Nacional de Les Issers, em um atentado que matou pelo menos 42 civis e dois gendarmes, e deixou 45 feridos.

A maioria das vítimas eram candidatos a ingressar na Gendarmaria, mas também foram atingidos vários passageiros do ônibus, além dos moradores do povoado que circulavam nesse momento pela zona.

Les Issers se encontra na estrada nacional RN12, 55 quilômetros ao leste de Argel, na província de Boumerdès, principal palco dos atentados dos grupos terroristas, que aproveitam as condições geográficas para escapar do assédio das forças de segurança. EFE cae/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG