EUA condenam 2 membros das Farc por tráfico de drogas

Washington, 14 abr (EFE).- Um júri da Corte Federal de Washington declarou dois membros das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) culpados de conspirar para levar toneladas de cocaína aos Estados Unidos.

EFE |

Juan José Martínez Vega ("Chiguiro") e Erminso Cuevas Cabrera ("Mincho") fazem parte de um grupo de 50 líderes das Farc contra quem os EUA apresentaram acusações em 2006 por traficar US$ 25 bilhões em cocaína a território americano e outros países.

O veredicto foi emitido na terça-feira, após sete semanas de julgamento na Corte Federal do Distrito de Columbia, que emitirá a sentença em 21 de julho.

O júri os considerou culpados da acusação de conspiração para levar cocaína aos EUA e conspirar para distribuir a droga "com o conhecimento" de que fora trazida do exterior.

Pelas acusações, ambos poderiam ser condenados a prisão perpétua.

No entanto, em virtude do acordo de extradição entre EUA e Colômbia, os guerrilheiros não podem receber tal pena.

"Mincho" foi extraditado da Colômbia para os EUA em 2007 e "Chiguiro", em abril de 2008. EFE elv/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG