Um pequeno contingente de instrutores militares americanos iniciou o treinamento do Corpo de Fronteiras do Paquistão para torná-lo uma força efetiva de contra-insurgência, informou nesta quinta-feira um oficial americano.

"O programa (de treinamento) começou. É uma missão de formação de instrutores" no Paquistão, revelou o responsável, destacando que os americanos não treinarão diretamente o Corpo de Fronteiras, mas sim seus instrutores.

O objetivo do programa é "basicamente treinar o Corpo de Fronteiras na guerra de contra-insurgência, para torná-lo mais efetivo nas áreas tribais", disse o oficial, que pediu para não ser identificado.

Recrutados nas zonas tribais e dirigidos por oficiais do Exército paquistanês, o Corpo de Fronteiras tem cerca de 80 mil membros, historicamente mal armados e sem treinamento.

jm/LR

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.