EUA cobram do Irã cooperação com AIEA e abandono de programa nuclear

Washington, 19 fev (EFE).- O Governo dos Estados Unidos voltou a pedir ao Irã que suspenda as atividades relacionadas ao enriquecimento de urânio e de água pesada, e que colabore com a Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) repassando toda a informação necessária.

EFE |

Ontem, a AIEA denunciou em Viena que a investigação que faz sobre o polêmico programa nuclear do Irã continua estagnada, devido à falta de cooperação da República Islâmica.

"Pedimos mais uma vez ao Irã que suspenda as atividades relacionadas a o enriquecimento de urânio e de água pesada, que têm o potencial de produzir plutônio; que informe a AIEA de todas as suas atividades nucleares, e que facilite a verificação completa de seu programa nuclear", disse hoje o Departamento de Estado americano.

Em nota, os EUA pediram a Teerã que coopere com a AIEA "sem demora", até mesmo através da aplicação de medidas de protocolo adicional.

Em seu relatório técnico mais recente sobre o Irã, a AIEA pede a Teerã que seja mais transparente e permita o acesso a lugares e a especialistas envolvidos no programa. Porém, ao mesmo tempo, constata que o Irã freou o ritmo de seus avanços atômicos. EFE cai/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG