EUA avaliam positivamente eleições afegãs em agosto

Washington, 4 mar (EFE).- O Governo dos Estados Unidos avaliou hoje positivamente a decisão da Comissão Eleitoral do Afeganistão de manter as eleições presidenciais em 20 de agosto e de não antecipá-las, como pretendia o presidente afegão, Hamid Karzai.

EFE |

"Os EUA avaliam a confirmação por parte da Comissão Eleitoral de que as eleições acontecerão em agosto", disse o porta-voz adjunto do Departamento de Estado americano, Gordon Duguid, em comunicado.

O presidente do órgão eleitoral afegão, Azizullah Ludin, disse hoje que não é possível realizar as eleições dentro do prazo constitucional, porque "o clima de segurança, as condições orçamentárias e os desafios operacionais ainda não foram resolvidos".

A Constituição afegã determina que as eleições devem ser realizadas em um prazo de entre 30 e 60 dias antes do fim do mandato presidencial, que termina em 21 de maio.

O Governo dos EUA compartilha "o ponto de vista da comissão de que eleições em agosto são a melhor maneira de garantir que todos os cidadãos afegãos possam expressar sua preferência políticas de maneira livre e justa, em um ambiente seguro".

Os EUA consideram também que a data das eleições presidenciais dará a todos os candidatos a oportunidade de "participar sob uma base igualitária, transparente e justa, em um pleito aberto".

O Departamento de Estado pediu que os líderes afegãos encontrem "uma fórmula dentro do marco constitucional para garantir, de maio até a posse presidencial, a continuidade, legitimidade e estabilidade do Governo".

Neste sentido, pediu que "todos os partidos afegãos colaborem para alcançar este objetivo, que conta com o apoio dos Estados Unidos".

O presidente afegão, Hamid Karzai, antecipou no sábado passado, mediante um decreto, as eleições gerais para o mês de março ou abril.

Com o anúncio de hoje, o órgão eleitoral afegão confirmou a convocação anunciada em 29 de janeiro e transgrediu o decreto de Karzai. EFE cae/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG