EUA apresentam acusações contra soldado que planejava atacar Fort Hood

Detido no Texas, Naser Abdo, 21 anos, pode ser condenado a até 10 anos de prisão e ter de pagar multa de R$ 391 mil

iG São Paulo |

AP
Foto sem data mostra o soldado Naser Abdo, 21 anos, que foi detido por planejar ataque a Fort Hood
O governo dos Estados Unidos acusou nesta sexta-feira o soldado americano Naser Abdo de possuir "uma bomba destrutiva e não registrada", depois de ele ter sido detido por ter acumulado materiais para executar um ataque a bomba contra a base de Fort Hood.

Abdo, 21 anos, foi detido na cidade de Killeen, no Texas, na quarta-feira. De acordo com autoridades, ele havia acumulado explosivos para atacar a base de Fort Hood, onde o major psiquiatra Nidal Malik Hasam abriu fogo e matou 13 pessoas em 2009.

De acordo com autoridades de Killeen, Abdo é muçulmano e rejeitou se alistar para lutar na guerra do Afeganistão em 2010. O soldado, que servia na base militar de Fort Campbell, no Kentucky, abandonou seu posto no dia 4 de julho acusado de possuir pornografia infantil e só foi visto na última quarta-feira quando comprava armas em uma loja de Killeen.

O soldado enfrenta uma possível pena de até 10 anos em prisão e uma multa de US$ 250 mil (R$ 391 mil), segundo informou o Departamento de Justiça em comunicado. O suspeito compareceu nesta sexta-feira em um tribunal em Waco, no Texas, onde o promotor federal John E. Murphy e um agente do FBI (polícia federal americana), Cory B. Nelson, apresentaram a acusação.

Abdo se negou a ficar de pé quando o juiz pediu. Ao terminar a audiência, ele deixou a sala e gritou "Nidal Hassan Fort Hood 2009", em alusão ao major psiquiatra que abriu fogo e matou 13 pessoas em Fort Hood, em 5 de novembro de 2009. 

Segundo a acusação apresentada pelo Departamento de Justiça, Abdo pretendia "construir dois artefatos destrutivos, com objetivo de detoná-los dentro de um restaurante não especificado que soldados de Fort Hood frequentam".

Para isso, ele havia construído um explosivo com pólvora, relógios, uma broca elétrica e duas panelas de pressão. Os objetos foram encontrados no seu quarto de motel cerca de 5 quilômetros de distância de Fort Hood, onde os agentes também encontraram uma pistola de calibre 40 e munição.

*Com EFE

    Leia tudo sobre: fort hoodatentadoeuanaser abdo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG