EUA 'apoiam o povo e o governo da Grécia', diz Hillary Clinton

Secretária americana diz que ações de primeiro-ministro mostram capacidade de líder. "O preço da inatividade teria sido mais alto"

AFP |

A secretária de Estado americana Hillary Clinton manifestou neste domingo em Atenas o "apoio" dos Estados Unidos ao "povo e ao governo da Grécia", e saudou a "determinação" do primeiro-ministro grego Giorgos Papandreou.

"Apoiamos o povo e o governo da Grécia", disse Hillary à imprensa, acrescentando que os Estados Unidos "apoiam firmemente a determinação do governo de Papandreou em aplicar as reformas necessárias para pôr a Grécia sobre bases saudáveis".

Reuters
Ao lado de Lambrinidis, Hillary disse que ação de premiê ilustra capacidades de líder

Hillary, que estava , afirmou que a ação reformadora do primeiro-ministro, atualmente isolado e enfraquecido em seu próprio país, ilustrava suas capacidades de líder."O preço da inatividade teria sido mais alto", disse a secretária de Estado.

Apesar de uma forte oposição popular, o governo grego conseguiu no final de junho o voto de uma lei que estabelece mais quatro anos de austeridade na Grécia, em troca da quinta parcela de um empréstimo concedido ao país no ano passado pela União Europeia e pelo FMI.

O objetivo é, sobretudo, obter também a elaboração de um segundo plano de ajuda internacional para a Grécia que permita a este país enfrentar a sua dívida, seus déficits e sua profunda recessão, além de evitar uma crise maior na Zona do Euro.

    Leia tudo sobre: FinançasEconomiaGréciaEUAUEdívidaorçamento

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG