EUA anunciam envio extra de mais de 250 profissionais de saúde ao Haiti

Washington, 14 jan (EFE).- A secretária de Saúde dos Estados Unidos, Kathleen Sebelius, anunciou hoje o envio imediato ao Haiti de mais de 250 profissionais da saúde e a possível viagem de outros 12.

EFE |

000 "nos próximos dias".

Os profissionais se unirão às equipes humanitárias já enviadas pelos EUA ao Haiti após o devastador terremoto de terça-feira, que deixou dezenas de milhares de mortos, feridos e deslocados.

O grupo de 250 médicos e enfermeiras, de vários pontos do país, "encontra-se a caminho do Haiti para fornecer cuidado médico de emergência. Estes especialistas atenderão os feridos e ajudarão" a suprir as carências da "saúde pública sobre o terreno", disse Sebelius em uma nota.

A secretária destacou que sua agência enviará mais profissionais da área de saúde para fazer frente à crise humanitária no Haiti, mas não especificou nenhuma data.

O pessoal do Departamento de Saúde, que também transportará mais de dez toneladas de equipamentos e produtos médicos, inclui clínicos gerais, cirurgiões, enfermeiras, paramédicos, técnicos e outros profissionais de estados como Geórgia, Califórnia, Nova Jersey, Massachusetts e Flórida.

Paralelamente, especialistas do Centro para o Controle e a Prevenção de Doenças (CDC, na sigla em inglês) oferecerão ajuda inspecionando alimentos e água potável no Haiti.

Durante uma entrevista coletiva no Departamento de Estado, o administrador da agência americana para o desenvolvimento internacional (Usaid), Raj Shah, disse que a assistência dos EUA ao Haiti inclui o envio de 250 socorristas e de oito equipes de resgates, entre outros especialistas. EFE mp/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG