EUA anunciam envio de mais 4 mil soldados ao Haiti

Os EUA enviarão mais 4 mil soldados para o Haiti, cuja capital, Porto Príncipe, foi devastada por um terremoto no dia 12. Cerca de 11 mil soldados já foram enviados ao país para ajudar nos esforços humanitários. Inicialmente, os 4 mil militares adicionais seriam enviados para missões na Europa e Oriente Médio.

iG São Paulo |

"Mais de 4 mil marinheiros e fuzileiros navais receberam ordens em 19 de janeiro para ir ao Haiti e realizar missões de assistência humitária e resposta a desastres", informa um comunicado da Segunda Frota dos EUA.

O presidente do Estado-Maior Conjunto dos EUA, Michael Mullen, tomou a decisão de mudar o destino das tropas "com base nas contínuas necessidades urgentes nos esforços de ajuda ao Haiti", informou o comunicado.

A medida para reposicionar milhares de soldados do Grupo Anfíbio de Prontidão Nassau e da 24ª Unidade Expedicionária dos Marines foi tomada enquanto os haitianos buscam desesperadamente por alimentos, água e assistência médica oito dias depois do desastre.

A medida eleva para 15 mil o total de número de soldados dos EUA no Haiti. Há temores de que a violência piore na capital de Porto Príncipe, já que as centenas de sobreviventes ficam cada vez mais desesperados por ajuda.

O tremor de 7 graus na escala Ritcher destruiu a capital, Porto Príncipe, e áreas ao redor, deixando pelo menos 75 mil mortos. Estimativas indicam que o total de vítimas poderia chegar a 200 mil.

Oito dias depois do terremoto, autoridades militares dos EUA que lideram os esforços de ajuda dizem que estão mudando o enfoque de buscas de sobreviventes soterrados para a recuperação dos corpos e para o início da reconstrução do país.


Veja também:


Leia mais sobre terremoto

    Leia tudo sobre: haititerremototerremoto no haititragédia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG