EUA analisarão perfil de passageiros vindos do exterior

O governo dos Estados Unidos anunciará nesta sexta-feira que a partir de agora deve examinar o perfil de todos os passageiros que chegam a seus aeroportos vindos do exterior, o que implica uma mudança importante nos procedimentos de segurança do transporte aéreo, informa a imprensa americana.

AFP |

A inspeção avaliará se o aspecto e as características pessoais de cada passageiro correspondem ao que se espera de um potencial terrorista, informam os jornais "Washington Post", "Wall Street Journal" e "New York Times".

Características como idade, nome, nacionalidade e países recentemente visitados serão sistematicamente levadas em consideração, de acordo com as informações publicadas. Isso valerá, por exemplo, para brasileiros que viajarem aos EUA.

As novas medidas deverão entrar em vigor já neste mês e também serão aplicadas a cidadãos americanos.

Até agora, o exame do perfil dos passageiros era sistemático e rígido apenas para os provenientes de 14 países, principalmente muçulmanos, em uma medida formalmente instalada depois da tentativa de atentado contra um voo com destino a Detroit durante o Natal do ano passado, atribuído à Al-Qaeda .

O anúncio das medidas, que deverá ser feito pelo Departamento de Segurança Nacional americano, ocorre depois de uma avaliação dos protocolos de segurança.

A "lista negra" americana de passageiros suspeitos de terrorismo seguirá em vigor, mas será completada com a informação sobre outros passageiros que poderão ser alvo de inspeção maior.

Leia mais sobre terrorismo

    Leia tudo sobre: eua

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG