EUA analisa retirar de uma a três brigadas do Iraque

O governo de George W. Bush estuda a retirada adicional de uma a três das 15 brigadas atualmente presentes no Iraque até setembro, informou o The New York Times neste domingo.

AFP |

O número de soldados americanos no país cairia assim para 120.000 ou 130.000, dos atuais 145.000.

Os Estados Unidos já reduziram sua força de ocupação de 20 para 15 brigadas nos últimos meses, repatriando cinco delas, que foram enviadas no início de 2007 para combater o aumento da violência.

O Pentágono reagiu à reportagem do NYT, confirmando que uma nova redução do contingente é de fato esperada para 2008, mas que nenhuma decisão havia sido tomada ainda.

"O secretário da Defesa Robert Gates espera que as condições no Iraque permitam novas retiradas este ano, e os contínuos progressos na área de segurança indicam que isso deverá ser possível", disse seu porta-voz, Geoff Morrell, em um comunicado.

"Mas nenhuma decisão foi tomada", concluiu, afirmando que o general David Petraeus, comandante das tropas americanas no Iraque, espera fazer uma nova avaliação da situação no país antes de formular uma recomendação sobre o nível das tropas em setembro.

Citando fontes militares e civis não identificadas, o NYT informa que a retirada do Iraque seria necessária para reforçar o contingente militar no Afeganistão, onde os talibãs e outros grupos insurgentes intensificaram suas ações.

mk-dab/ap

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG