Os próximos atentados terroristas serão cada vez mais imprevisíveis e difíceis de se evitar, já que a Al-Qaeda amplia seu conhecimento sobre os sistemas americanos de defesa, advertiu nesta quinta-feira o diretor da Inteligência dos Estados Unidos (DNI), Dennis Blair.

"O que me preocupa não é apenas impedir atentados como os que já ocorreram, e sim prever e evitar ataques mais astutos", escreveu Blair aos funcionários do DNI.

"A Al-Qaeda e suas organizações afiliadas, assim como os terroristas que pessoalmente se prestam ao suicídio, observam nossas linhas de defesa e preparam novos ataques para enganá-las. Estão fazendo isto no momento em que lêem esta carta".

"Estes atentados serão mais difíceis de descobrir, interpretar e desbaratar". É preciso "melhorar nossa defesa para manter nossa vantagem sobre eles".

No dia de Natal, o jovem nigeriano Umar Farouk Abdulmutallab tentou explodir um voo da companhia americana Northwest entre Amsterdã e Detroit, com 290 pessoas a bordo.

dab/LR

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.