atirador de Washington - Mundo - iG" /

EUA aguardam execução do atirador de Washington

O homem que ficou conhecido como o atirador de Washington será executado nesta terça-feira, depois que a Suprema Corte americana recusou o último pedido de clemência.

BBC Brasil |

AP
John Allen Muhammad
John Allen Muhammad

John Allen Muhammad matou aleatoriamente dez pessoas e feriu outras três em 2002, atirando de dentro de seu Chevrolet especialmente adaptado. O carro tinha um buraco pelo qual ele podia passar o cano da arma e mirar nas vítimas.

Por três semanas, o "atirador de Washington" levou pânico à capital americana e aos subúrbios de Maryland e Virginia.

John Allen foi condenado à injeção letal pela morte de Dean Myers, de 53, em um posto de gasolina na Virgínia. O atirador será executado com uma injeção letal em uma prisão daquele Estado.

A defesa dele criticou a decisão, sustentando que Allen tem graves problemas mentais e sequelas da guerra do Golfo, nos anos 90.

O adolescente que era cúmplice do atirador à época, Lee Boyd Malvo, hoje cumpre pena de prisão perpétua.

Leia mais sobre atirador de Washington

    Leia tudo sobre: pena de morte

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG