modesto no programa nuclear - Mundo - iG" /

EUA afirmam que Irã fez progresso modesto no programa nuclear

Washington, 9 jul (EFE) - O Irã fez apenas um modesto progresso no programa nuclear do país, devido às sanções da ONU, que reduziram sua capacidade de obter tecnologia, afirmou nesta quarta-feira o subsecretário de Estado para Assuntos Políticos americano, William Burns.

EFE |

"Enquanto o Irã pretende criar a percepção de progresso em seu programa nuclear, o avanço real foi bem mais modesto", disse Burns perante o Comitê de Assuntos Exteriores da Câmara de Representantes.

Burns, principal negociador americano sobre o programa nuclear iraniano, disse que "é óbvio" que o Irã ainda não aperfeiçoou o enriquecimento (de urânio), e, como conseqüência direta das sanções da ONU, "a capacidade do Irã para obter tecnologia ou peças significativas para seu programa de mísseis foi afetada".

Mais ainda, ressaltou, pessoas-chave para a aquisição de material foram afastadas do sistema financeiro internacional mediante sanções e restrições de viagem.

Burns advertiu Teerã de que se continuar se recusando a abandonar os trabalhos de enriquecimento de urânio, os quais os Estados Unidos consideram que têm fins nucleares, enfrentará conseqüências.

Neste sentido, disse que se o Irã continuar trilhando o caminho atual, o custo será alto para o Governo do presidente Mahmoud Ahmadinejad.


Rede de TV iraniana capta o momento em que míssel é lançado / AP


As declarações de Burns foram feitas em um momento de especial tensão com o Irã, que testou hoje vários mísseis de médio e longo alcance e ameaçou "queimar" Israel e a força naval dos EUA no Golfo Pérsico se as instalações nucleares do país forem atacadas.

Leia mais sobre: Irã

    Leia tudo sobre: irã

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG