EUA acusam Irã de continuar ajudando extremistas no Iraque

Bagdá, 22 fev (EFE).- O Irã continua fornecendo treinamento militar e enviando armas a grupos iraquianos que querem causar a desestabilização do Iraque, afirmou hoje o Exército americano.

EFE |

A acusação foi feita pelo porta-voz das forças da coalizão multinacional liderada pelos Estados Unidos, general David Perkins, em entrevista coletiva concedida na capital iraquiana.

"O Irã ainda continua fornecendo armas às milícias (xiitas) e aos extremistas (sunitas), já que nossas forças descobrem, de vez em quando, armas de fabricação iraniana, que são traficadas através da fronteira entre Iraque e Irã", ressaltou o oficial.

No início do mês, o Exército americano afirmou que o respaldo militar de Teerã às milícias xiitas iraquianas tinha diminuído com o aumento da capacidade das Forças de Segurança iraquianas para vigiar a fronteira com o Irã.

Além disso, destacou que vários líderes dos grupos armados xiitas fugiram ao Irã, enquanto outros foram detidos. EFE am/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG