Washington, 18 jun (EFE).- Os Estados Unidos acusaram hoje o diplomata venezuelano Ghazi Nasr al-Din de trabalhar para o Hisbolá, e o Governo de Caracas de dar abrigo a integrantes do mesmo grupo.

Din, que já foi o encarregado de negócios diplomáticos da Venezuela em Damasco, na Síria, agora trabalha como diretor de assuntos políticos da embaixada venezuelana no Líbano, informou o Escritório de Controle de Bens Estrangeiros (Ofac, na sigla em inglês) do Departamento do Tesouro americano. EFE cma/sc

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.