Washington, 11 jun (EFE).- A Coreia do Norte pode estar preparando um novo teste nuclear, pouco mais de duas semanas após o último realizado, indicaram nesta quinta-feira fontes do Governo dos Estados Unidos.

Segundo as fontes, que não forneceram mais detalhes, há "indícios" de que o regime de Pyongyang se prepara para um novo teste, que seria o terceiro desde 2006.

Se for confirmado, o lançamento coincidirá com o debate no Conselho de Segurança da ONU para decidir se impõem sanções adicionais à Coreia do Norte depois do teste nuclear de 25 de maio e do lançamento de vários mísseis nos dias posteriores.

O porta-voz do Conselho de Segurança Nacional da Casa Branca, Mike Hammer, indicou à Agência Efe que com o tempo "são esperadas atitudes arriscadas e perigosas da Coreia do Norte".

"Em um momento no qual o mundo se une para aprovar uma nova resolução do Conselho de Segurança da ONU, está claro que o comportamento da Coreia do Norte só consegue isolar ainda mais esse país", afirmou Hammer.

O enviado especial dos EUA para a Coreia do Norte, Stephen Bosworth, afirmou hoje ao Conselho de Relações Exteriores do Senado que o Governo americano está decidido a fazer com que o regime comunista enfrente consequências sérias por suas atividades.

Bosworth afirmou que, entre outras ações, o Governo estuda a possibilidade de congelar os ativos norte-coreanos no exterior.

Ao mesmo tempo, o presidente dos EUA, Barack Obama, quer entabular um diálogo com Pyongyang, mas até o momento esse regime rejeitou qualquer tentativa de aproximação, acrescentou Bosworth.

EFE mv/mh

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.