Publicidade
Publicidade - Super banner
Mundo
enhanced by Google
 

EUA acelerarão ajuda militar para auxiliar Exército libanês em conflito

Washington, 14 mai (EFE) - O Governo dos Estados Unidos tenta acelerar a ajuda militar que concede através de um programa específico ao Exército libanês perante a crise originada no país entre a maioria anti-síria e a oposição, liderada pelo Hisbolá.

EFE |

"Sei que há algumas coisas preparadas para eles (os libaneses) e entendo que tentaremos entregá-los rapidamente", explicou hoje o porta-voz do Departamento de Estado americano Tom Casey.

Ele afirmou que não se trata de uma nova ajuda militar, mas o Governo pretende acelerar a já prevista dentro do programa americano de assistência militar para o Líbano.

O Governo americano também não cogita proporcionar uma nova ajuda ao Líbano, segundo Casey.

Desde meados de 2006, os EUA forneceram ao Líbano US$ 1,3 bilhão, dos quais US$ 400 milhões foram destinados à ajuda militar.

Casey não quis dizer em que consistirá a ajuda exatamente, apesar de ter lembrado que no passado o país forneceu ao Líbano "tudo, desde veículos até equipamentos de comunicação, material individual e inclusive, como vimos no último verão (hemisfério norte), munição e outro tipo de provisão básico".

O conflito no Líbano entre seguidores da oposição liderada pelo Hisbolá e a maioria parlamentar deixou pelo menos 65 mortos e 200 feridos em uma semana.

Os confrontos terminaram depois de o Hisbolá decidir retirar seus milicianos, após o Exército reverter a decisão do Executivo sobre o desmantelamento de sua rede de telecomunicações. EFE cae/db

Leia tudo sobre: iG

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG