EUA abrem terceira frente antiterrorista no Iêmen

O governo dos Estados Unidos abriu de modo sigiloso uma terceira frente contra a rede terrorista Al-Qaeda no Iêmen, informa o site do jornal The New York Times.

AFP |

A Agência Central de Inteligência (CIA) americana enviou há um ano vários agentes com experiência antiterrorista ao país na península Arábica, destaca o jornal.

Ao mesmo tempo, agentes de elite começaram a treinar as forças de segurança do Iêmen.

O Pentágono gastará mais de 70 milhões de dólares durante os próximos 18 meses e utilizará equipes das forças especiais, com o objetivo de treinar e equipar os militares, policiais e a guarda costeira iemenitas, dobrando o nível da ajuda ao país, completa o jornal.

O Iêmen voltou a chamar a atenção dos Estados Unidos depois que um jovem nigeriano que tentou explodir um avião no dia de Natal confessou ter sido treinado neste país.

A Casa Branca busca uma aliança com o governo do presidente do Iêmen, Ali Abdullah Saleh, para obter a ajuda do mesmo no combate à Al-Qaeda na Península Arábica, completa o NYT.

Leia mais sobre: terrorismo

    Leia tudo sobre: al-qaedaestados unidosiêmen

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG