Etiópia condena dois jornalistas suecos a 11 anos de prisão

Martin Schibbye e Johan Persson eram acusados de terrorismo por supostamente ajudar grupo que combate governo etíope

iG São Paulo |

Em um julgamento na capital do país, um tribunal etíope sentenciou nesta terça-feira dois jornalistas suecos a 11 anos sob acusação de ajudar a proscrita Frente Nacional de Libertação de Ogaden (FNLO) e por entrar ilegalmente no país.

AFP
Combinação de fotos recentes mostra os jornalistas suecos Johan Persson (E) e Martin Schibbye, que foram sentenciados a 11 anos na Etiópia sob acusação de terrorismo
"A pena será uma condenação de 11 anos de prisão", declarou o juiz Shemsu Sirgaga, em uma afirmação que foi traduzida por um intérprete oficial para o inglês. "Essa pena cumpre o objetivo de paz e de estabilidade", completou. A acusação havia pedido 18 anos e meio de prisão.

O repórter Martin Schibbye e o fotógrafo Johan Persson foram detidos em 11 de julho após entrarem na província etíope de Ogaden vindo da região somali semiautônoma de Puntland perto da fronteira com a Somália, na companhia de combatentes da FNLO, que luta contra o governo.

Os dois jornalistas olharam sem expressão para o juiz enquanto a sentença era lida, segundo uma testemunha. Não havia familiares presentes.

Durante o julgamento, os dois jornalistas admitiram que entraram ilegalmente no território etíope e tiveram contato com o grupo guerrilheiro, mas apenas para investigar sobre as atividades do grupo petroleiro sueco Lundin Petroleum.

Eles sempre declararam inocência das acusações de terrorismo. Um confronto na época entre o grupo guerrilheiro e o Exército etíope deixou 15 mortos e seis feridos, incluindo os dois jornalistas.

A sentença deve causar indignação na Suécia e acusações de que o caso é politicamente motivado, como já aconteceu quando foi divulgado, na semana passada, que os dois seriam condenados. O advogado dos jornalistas, Sileshi Ketsela, disse que estuda recorrer da sentença.

*AFP e Reuters

    Leia tudo sobre: etiópiasuéciasomáliaFNLOSchibbyePersson

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG