ETA teria planejado atacar Aznar com lança-mísseis em 2001

Madri, 12 jan (EFE).- A organização terrorista ETA planejou um atentado com um lança-mísseis em 2001 contra o então presidente do Governo espanhol, José María Aznar, disse às forças de segurança espanholas o suposto membro do grupo Pedro María Olano, detido na semana passada.

EFE |

Fontes da investigação confirmaram hoje estas declarações atribuídas a Olano, feitas a membros das forças de segurança após a detenção dele, na noite de 7 de janeiro.

Olano é acusado de atuar como ligação entre o aparelho logístico da ETA e os grupos operacionais da organização, que tenta conseguir através das armas a independência do País Basco da Espanha há mais de 40 anos.

Segundo as fontes, Olano disse que, em 2001, chegou a transportar um lança-mísseis destinado a cometer um atentado contra o então presidente do Governo espanhol, José María Aznar, do conservador Partido Popular (PP).

Aznar saiu ileso de um atentado da ETA em 19 de abril de 1995, quando era o chefe da oposição ao Governo do socialista Felipe González. EFE nac/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG