ETA sofre duro golpe com desmantelamento de comando mais ativo

A Guarda Civil espanhola aplicou um duro golpe na madrugada desta terça-feira no ETA, ao desmantelar o comando Vizcaya, grupo mais ativo da organização separatista armada basca desde o final da trégua em junho do ano passado.

AFP |

As oito detenções praticadas em diferentes cidades espanholas, entre elas a de Arkaitz Goikoetxea Basabe, representam o golpe mais duro no ETA desde a prisão na França de seu número um, Javier López Peña, o "Thierry", em maio.

A prisão de Goikoetxea Basabe "priva o ETA de seu instrumento principal" de atuação desde o término oficial do cessar-fogo indefinido do ETA no dia 5 de junho, disse à AFP o especialista em ETA Florencio Domínguez.

O golpe na organização armada basca ocorreu principalmente em Bilbao, capital econômica do País Basco (norte), onde Goikoetxea foi detido em um apartamento, e em sua província, Vizcaya, segundo a imprensa.

"Junto com o líder do comando foram detidas outras oito pessoas de diferentes idades", principalmente nas províncias bascas de Vizcaya e Guipúzcoa (norte), mas também nas províncias andaluza de Málaga (sul) e galega de Pontevedra (noroeste), disse em uma entrevista coletiva à imprensa o ministro do Interior espanhol, Alfredo Pérez Rubalcaba.

ot/dm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG