Estudo revela que dinossauros sobreviveram mais tempo por sorte

Washington, 11 set (EFE).- Os dinossauros, ao contrário dos arcossauros, representados atualmente por algumas espécies de répteis e aves, sobreviveram durante milhões de anos na Terra porque tiveram sorte, afirmaram hoje paleontólogos americanos à revista Science.

EFE |

Vários estudos prévios atribuíam o êxito na sobrevivência dos dinossauros à sua superioridade sobre outras espécies, mas agora a equipe liderada por Steve Brusatte, paleontólogo da Universidade de Colúmbia, concluiu que eles se livraram da extinção durante muito tempo por sorte.

Estes pesquisadores estudaram os fósseis de dinossauros e de seus principais rivais, os arcossauros crurotarsi para determinar sua evolução no período Triásico (entre 199 e 230 milhões de anos atrás).

Eles concluíram que, ao contrário do que se achava até o momento, os dinossauros não substituíram os arcossauros por ser a raça dominante na luta por nichos e recursos.

Tanto os dinossauros como os arcossauros, segundo eles, evoluíram paralelamente ocupando os mesmos nichos durante os primeiros 30 milhões de anos da existência dos dinossauros.

Baseado nisso, os paleontólogos sustentam a tese de que muitos dos arcossauros muito provavelmente se extinguiram por acaso, mais do que como resultado da luta pela sobrevivência com os dinossauros.

EFE ojl/ab/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG