Estudo revela que chá verde pode reduzir câncer de próstata

Washington, 19 jun (EFE).- O consumo de chá verde pode reduzir o avanço do câncer de próstata, segundo um estudo divulgado hoje pela revista científica Cancer Prevention Research.

EFE |

De acordo com os cientistas do Centro Oncológico Feist-Weiller, do Centro de Ciências da Saúde da Universidade da Louisiana, no sul dos Estados Unidos, o efeito do chá verde foi demonstrado na redução dos marcadores que indicam o avanço da doença.

"O agente usado nos testes, o polifenol, pode ter o potencial de reduzir a incidência e o avanço do câncer de próstata", disse James Cardelli, professor de pesquisas do Centro Oncológico.

Depois da água, o chá preto ou verde é a bebida mais consumida no mundo.

Vários estudos sugeriram que seus polifenóis antioxidantes poderiam reduzir o avanço não só do câncer de próstata, mas também de intestino, de esôfago e o de pele.

Essas mesmas pesquisas assinalaram que o chá também contribui para prevenir a formação de coágulos e para reduzir os níveis de colesterol.

O estudo analisou 26 homens, de 41 a 72 anos, diagnosticados com o câncer e que iam ser submetidos a uma prostectomia radical.

Antes da intervenção cirúrgica, os pacientes consumiram quatro cápsulas de polifenol, equivalentes a 12 xícaras de chá verde concentrado.

Os resultados mostraram uma grande redução dos marcadores. Em alguns, essa redução foi superior a 30%, indicou o estudo.

"Estes estudos são só o começo e ainda há muito a fazer", disse Cardelli.

O cientista acrescentou que, no entanto, sua pesquisa pôde demonstrar que "o uso do polifenol do chá deveria ser mais explorado, sozinho ou combinado com outras substâncias usadas no tratamento do câncer, para evitar sua aparição ou recaída". EFE ojl/pd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG