Um em cada 20 norte-americanos é depressivo e a depressão afeta mais as pessoas entre 40 e 59 anos, os pobres e os negros, segundo estatísticas do Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) dos Estados Unidos, divulgadas esta semana.

Dos norte-americanos de mais de 12 anos 5,4% têm problemas de depressão, uma taxa que chega a 7,3% em pessoas de entre 40 e 59 anos e a quase 8% em pessoas negras.

As mulheres são mais afetadas que os homens (6,7% a 4%).

Mas são os pobres que sofrem mais com essa doença: a depressão afeta 11,5% das pessoas de 18 a 39 anos que vivem abaixo da linha da pobreza e quase 22,4% das que têm entre 40 e 59 anos na mesma situação.

Cerca de 80% das pessoas que sofrem de depressão afirmam ter problemas de adaptação à vida cotidiana e 27% têm grandes dificuldades de comportamento no trabalho.

Segundo o CDC, a depressão custa ao país cerca de 83 bilhões de dólares por ano (números de 2000), e dois terços são por perdas de produtividade e faltas.

Somente 29% dos depressivos procuram um profissional de saúde para tratar seu problema.

vmt/dm

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.