Estudo mostra que pássaros se comportam como torcedores de futebol

Alguns bandos rivais de pássaros se comportam como torcedores de futebol entoando cânticos de guerra durante partidas ou se reconfortando depois de uma derrota, assegura um estudo realizado por uma equipe de cientistas britânicos.

AFP |

"Assim como os torcedores de futebol se reconfortam uns aos outros num bar quando sua equipe perde uma partida, o estudo mostra que os pássaros se apóiam mutuamente depois de perder para os adversários", explicou um porta-voz do projeto realizado na África do Sul.

"Geralmente, os bandos rivais lançam provocações similares a que os torcedores de equipes rivais trocam durante o jogo", acrescentou.

Segundo este estudo publicado pela revista britânica "Proceedings of the royal society", os pássaros alisam as penas uns dos outros depois de uma situação de estresse extremo como, por exemplo, depois de uma derrota frente a um bando rival ou um longo combate.

O autor do estudo e professor da Universidade de Bristol, Andy Radford, enfatizou que os pássaros que ocupam uma posição dominante mimam seus subalternos para elevar a sua moral e estimulá-los para um novo confronto.

"O alisar das penas permite reduzir estresse e reforçar a coesão do grupo, o que é importantíssimo depois de uma derrota", conclui o professor, que estudou um grupo de melros.

Os melros vivem em grupos que podem ter até doze indivíduos, entre eles um casal reprodutor dominante e subalternos não-reprodutores, encarregados de ajudar o par na educação de seus filhos.

Leia mais sobre pássaros

    Leia tudo sobre: pássaros

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG