Estudo do BID relaciona novelas a divórcios no Brasil

As novelas brasileiras influenciariam as mulheres e teriam um impacto no número de divórcios, sugere um estudo do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

BBC Brasil |

Os pesquisadores analisaram a taxa de divórcios no Brasil nas últimas três décadas e afirmam que os divórcios aumentaram mais de cinco vezes desde a a década de 1980.

Eles afirmam ainda que durante o mesmo período, a presença de aparelhos de televisão teve uma elevação de mais de dez vezes, e atualmente está em mais de 80% das residências.

Os pesquisadores analisaram então a relação entre a audiência da televisão - especificamente das telenovelas produzidas pela Rede Globo - e o número de divórcios.

Impacto

Segundo os resultados, a porcentagem de mulheres separadas ou divorciadas é maior em áreas que recebem o sinal da Globo, em particular em pequenas comunidades em que uma alta proporção da população tem acesso às transmissões da emissora.

Os resultados sugerem que essas áreas apresentaram um aumento de 0,1 a 0,2 ponto percentual na porcentagem de mulheres de 15 a 49 anos que são divorciadas ou separadas.

"O aumento é pequeno, mas estatisticamente significativo", afirmou Alberto Chong, que coordenou o estudo.

Leia mais sobre divórcio

    Leia tudo sobre: divórcio

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG