Estudantes e policiais se enfrentam em universidade de Honduras

Tegucigalpa, 5 ago (EFE).- Dezenas de estudantes da Universidade Nacional Autônoma de Honduras se envolveram hoje em um confronto com a Polícia.

EFE |

As autoridades invadiram o local e dispararam bombas de gás lacrimogêneo durante um protesto dos alunos.

Os estudantes faziam um protesto contra o golpe de Estado que derrubou o presidente Manuel Zelaya, e foram reprimidos com violência pelos policiais.

A própria reitora da universidade, Julieta Castellanos, foi vítima da ação da Polícia. Ela foi empurrada pelos agentes e caiu no chão quando discursava contra a invasão.

Os estudantes atiraram pedras e chegaram a expulsar os policiais, que retornaram com uma ação mais enérgica.

"A Polícia invadiu a universidade e entrou nos prédios. Eu também fui empurrada", disse Castellanos.

Entretanto, a reitora reconheceu que alguns restaurantes da universidade foram destruídos pelos estudantes, o que considerou "repudiável". EFE gr/plc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG