Estudantes britânicos estão em quarentena na China por gripe

Londres, 20 jul (EFE).- Cerca de 100 estudantes britânicos e seus professores estão em quarentena na China, depois que oito colegas foram hospitalizados por contrair a gripe suína, informou hoje o Ministério de Assuntos Exteriores do Reino Unido.

EFE |

Os estudantes e seus professores, que chegaram há poucos dias à China como parte de uma viagem cultural, permanecem em um hotel de Pequim, onde o pessoal diplomático britânico trabalha para atender o caso, afirmou o Foreign Office, em Londres.

"A Embaixada do Reino Unido em Pequim e o Foreign Office estão tentando estabelecer contato com os organizadores do grupo escolar que visita Pequim e suas escolas no Reino Unido, para assegurar que têm informação (adequada para este caso)", disse um porta-voz do Ministério de Exteriores britânico.

Segundo a rede "BBC", três das crianças hospitalizadas estavam com febre muito alta quando chegaram a Pequim há poucos dias, por isso foram levados do aeroporto a um hospital, onde os médicos confirmaram que tinham gripe suína.

Um quarto estudante adoeceu poucos dias depois, segundo a "BBC", que ressalta que a quarentena pode durar uma semana.

O grupo é formado, na maioria, por adolescentes de 14 anos de várias escolas da Inglaterra.

No Reino Unido, 29 pessoas morreram após contrair a gripe suína e as autoridades sanitárias britânicas acreditam que, para o final de agosto, 100 mil pessoas por dia podem contrair a pandemia.

Apesar do nome, a gripe suína não apresenta risco de infecção por ingestão de carne de porco e derivados. EFE vg/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG