Estudante chinês mata professor que era amante de sua namorada durante aula

Pequim - Um estudante de Direito decapitou seu professor em frente a seus companheiros de sala após descobrir que ele mantinha uma aventura amorosa com sua namorada.

EFE |

Fu Chengli, um estudante de 22 anos da Universidade de Ciências Políticas e Leis de Pequim, disse à Polícia não sentir qualquer tipo de arrependimento por ter matado o professor Cheng Chunming, de 43 anos, com uma faca de cozinha em frente a seus colegas, publica hoje o diário "South China Morning Post".

"Como professor, ele deveria ter sido um modelo para nós. Mas o que fez foi imoral, supera qualquer limite, e nossa universidade não conseguiu impedi-lo desde o princípio", assinalou o jovem durante sua confissão.

O professor, cuja viúva está grávida de sete meses, mantinha um relacionamento de um ano com a namorada de Fu, o que motivou o estudante a terminar o namoro em julho.

"Eu decidi resolver o problema pelos meus próprios meios: matá-lo servirá como uma advertência para outros cem potenciais depredadores no campus... Sou culpado do assassinato, mas não me arrependo", acrescentou.

Depois de matar o professor com uma faca de 30 centímetros, Fu ligou calmamente para a Polícia e se entregou. O crime ocorreu no dia 28 de outubro, mas somente hoje o caso se tornou público.

Leia mais sobre: assassinatos

    Leia tudo sobre: china

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG