Estudante americano preso com armas e esquema da residência de Bush

Um estudante de 18 anos preso por roubo de veículo tinha em sua casa, perto de Washington, fuzis de assalto, documentos de identidade falsos e um equema da residência presidencial de Camp David, informou nesta quarta-feira o Washington Post.

AFP |

Collin McKenzie-Gude foi preso no fim de julho depois de agredir um homem num centro comercial de Bethesda (Maryland) ao tentar roubar seu veículo.

Os investigadores, que revistaram a casa do jovem, encontraram um texto que explicava como disparar contra uma pessoa a uns 200 metros de distância, assim como uma lista de professores do St. Johns College, onde acabara de se diplomar.

O pai do rapaz, um oficial do exército do ar americano e ex-funcionário do departamento do Tesouro, foi indiciado por compra ilegal de armas de fogo para seu filho.

Segundo as autoridades, Collin McKenzie-Gud, que tinha um mapa da residência de Camp David (Maryland), com o percurso feito pela comitiva presidencial, e também possuía uma carteira de identidade falsa da CIA e outra de protegido do governo pela Convenção de Genebra.

No quarto do jovem havia fuzis de assalto, balas perfurantes e diversos explosivos.

O Washington Post acrescenta que o estudante, junto com um amigo, fabricaram há um ano bombas caseiras e a testaram num campo na periferia de Washington.

No entanto, os investigadores ainda não determinaram quais eram as intenções do rapaz.

A CIA, o FBI e os serviços de proteção do presidente se uniram às investigações do caso.

pmh/cn

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG