Estudante alemão foi quem jogou sapato contra premier chinês

O estudante que jogou um sapato contra o primeiro-ministro da China, Wen Jiabao, no início de fevereiro, na Universidade de Cambridge, é um aluno alemão do estabelecimento, anunciou a justiça na véspera de uma audiência sobre o caso.

AFP |

Martin Jahnke, 27 anos, que estuda no Departamento de Patologia da prestigiosa universidade do leste de Inglaterra, foi detido depois de ter protestado e atirado um sapato na direção de Jiabao no dia 2 de fevereiro.

Jahnke interrompeu o discurso de Jiabao sobre o papel da China na globalização aos gritos de "É um escândalo" e chamou o premier chinês de ditador, antes de jogar o sapato que passou perto do alvo.

O gesto teve inspiração no jornalista iraquiano Muntazer al-Zaidi, que em dezembro lançou os dois sapatos contra o então presidente americano George W. Bush, em Bagdá, depois de chamá-lo de "cachorro".

ar/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG