Estrela britânica de reality show morre vítima do câncer

A britânica Jade Goody, que ganhou fama ao participar da versão inglesa do reality show Big Brother e tornou pública uma batalha contra o câncer, faleceu na madrugada deste domingo em casa.

AFP |

Goody, que tinha câncer cervical, morreu em sua residência em Upshire, Essex, sudeste da Inglaterra, ao lado da mãe, Jackiey Budden, e do marido Jack Tweed.

"Minha filha preciosa está em paz", afirmou a mãe.

"Acredito que será lembrada como uma jovem que salvou e salvará muitas vidas", afirmou o empresário de Jane, Max Clifford, em uma referência sobre a batalha pública contra o câncer que deu muito espaço à doença na imprensa.

Jane Goody sempre afirmou que não buscava publicidade para ela e sim como um meio de ajudar financeiramente os filhos, que ficariam sem a mãe.

O primeiro-ministro britânico Gordon Brown homenageou Jane e disse que estava "profundamente entristecido" com o falecimento.

"Foi uma mulher de coragem, tanto na vida como na morte, e todo o país admira sua determinação para dar um futuro brilhante aos filhos", declarou Brown.

Goody, 27 anos e ex-enfermeira odontológica, ganhou fama ao participar do "Big Brother" britânico em 2002.

Cinco anos depois, quase arruinou a carreira ao fazer um comentário racista direcionado à atriz de Bollywood Shilpa Shetty em uma versão para celebridades do programa.

Ambas fariam as pazes mais tarde e Jane chegou a participar na versão indiana do "Big Brother", mas teve que abandonar o programa ao ser diagnosticada com câncer.

A decisão dela de viver os últimos dia como uma enferma terminal diante das câmeras, sem cabelos pelo tratamento com quimioterapia, levantou um debate sobre os limites da televisão.

Ao mesmo tempo ela ganhou a simpatia de muitos britânicos e o número de mulheres jovens que se submetem a exames de detecção de câncer cervical aumentou 20% desde o anúncio da doença de Jane.

Robert Music, diretor da associação de caridade de combate ao câncer de colo do útero Jo's Trust, afirmou que "Jade Goody terminará salvando vidas".

No dia 22 de fevereio, ela se casou diante das câmeras com Jack Tweed, um jovem de 21 anos detido em 2008 por atacar um adolescente com um taco de golfe.

Os direitos de transmissão do casamento foram vendidos, segundo a imprensa por um milhão de libras (1,4 milhão de dólares).

Jane e os filhos, Bobby, cinco anos, e Freddy, quatro, que teve com um ex-namorado, foram batizados em 7 de março, em outro evento que teve a publicação vendida, neste caso para uma revista.

O funeral também terá cobertura dos meios de comunicação e foi planejado pela própria Jade Goody, segundo o empresário.

Algumas pessoas depositaram flores diante da residência de Jane ao saber da notícia da morte.

kah/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG