Estratégia de Obama para o Afeganistão mira a Al Qaeda--fontes

WASHINGTON (Reuters) - A nova estratégia do presidente dos EUA, Barack Obama, para o Afeganistão centrará foco em destruir os lugares seguros naquele país e no Paquistão onde Osama Bin Laden e outros líderes da Al Qaeda estão planejando novos ataques aos Estados Unidos, disseram autoridades dos EUA na quinta-feira. Como parte da nova estratégia, os Estados Unidos enviarão 4.000 treinadores militares para o Afeganistão até o próximo outono (no hemisfério norte, primavera no hemisfério sul) para aprimorar as forças armadas do país ao ponto em que elas sejam capazes de liderar operações, disseram as fontes.

Reuters |

As autoridades, falando sob condição de anonimato antes do anúncio do plano marcado para a sexta-feira, disseram que o custo das operações militares dos EUA no Afeganistão devem subir 60 por cento em relação aos atuais 2 bilhões de dólares por mês.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG