Estranho passatempo de Stalin: anotações em desenhos de homens nus

Os comentários irreverentes de Stalin anotados com pena de escrever em desenhos de nus masculinos, mostrados em exposição inédita aberta nesta sexta-feira como parte das comemorações do 130º aniversário do nascimento do ditador, estão causando polêmica em Moscou.

AFP |

Com o título "Mensagens do grande líder: os autógrafos de Stalin", esta exposição apresenta reproduções de obras de arte dos séculos XIX e XX com comentários escritos pelo Paizinho dos Povos.

"Este ruivo bastardo de Radek, se não tivesse urinado no vento, estaria vivo", escreve sobre a perna de um imponente nu masculino.

O comentário parece fazer alusão a Karl Radek, ex-chefe do Komintern, organização comunista internacional criada pelos bolcheviques, que provavelmente foi assassinado pela polícia secreta de Stalin em 1939.

Outro escrito menciona o teórico marxista Gueorgui Plekhanov. "Plekhanov, por que faz sinal (com a mão) para trás? Covarde inimigo do povo", voltou a escrever Stalin num desenho que representa outro homem nu.

A exposição está dando lugar, também, a especulações sobre as prováveis tendências homossexuais do ex-ditador; a maioria dos desenhos representam homens.

am-ahe/sd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG