Estrangeiros terão que fazer teste de conhecimento para ter cidadania alemã

Berlim, 23 jul (EFE).- O Governo alemão aprovou hoje a lista de perguntas para o teste obrigatório que, a partir de setembro, estrangeiros que quiserem nacionalidade alemã terão que fazer.

EFE |

O objetivo do exame, que terá 33 perguntas de âmbito nacional de um banco de dados de 300, além de outras dez específicas a um determinado estado federado, é testar o conhecimento das leis, do sistema político e da história da Alemanha.

A pessoa que fizer o teste deverá acertar pelo menos 17 dessas questões e demonstrar um domínio suficiente da língua alemã.

A introdução do exame tinha sido previamente criticada pelos turcos da Alemanha, que constituem a maior comunidade estrangeira do país. Segundo eles, grande parte dos próprios alemãs não passaria no teste.

Há algumas semanas, o Ministério do Interior divulgou na internet uma minuta do exame que, a partir de setembro, será obrigatório para todos que quiserem cidadania alemã.

Para fazer o exame, o imigrante que quiser cidadania alemã terá que pagar 25 euros.

Os detratores consideram a prova como uma espécie de "exame de consciência", que exige, além de conhecimento gerais, coisas que geralmente não são pedidas aos alemães.

Os defensores da proposta sustentam que na maioria dos países ocidentais já se exige ao solicitante passar por um teste parecido.

EFE gc/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG