Estatueta usada em ataque a Berlusconi tem aumento de vendas

MILÃO - Vendedores de lembrancinhas registraram nesta terça-feira um aumento nas vendas de miniaturas da catedral de Milão, similares à lançada contra o premiê italiano, Silvio Berlusconi, no domingo. As vendas certamente subiram, disse o comerciante Mario na praça da catedral, onde ocorreu o ataque.

Reuters |

AFP
Comerciante exibe réplica da catedral de Milão
Comerciante exibe réplica da catedral de Milão

"As pessoas estão definitivamente comprando (as réplicas da catedral) como lembrança do episódio, parece ser um dos presentes mais populares do Natal".

A réplica do Duomo de Milão foi usada por um italiano com problemas mentais para atingir o rosto do premiê de 73 anos, quebrando seu nariz, dois dentes e ferindo o lábio dele.

O líder conservador italiano, que foi atingido enquanto dava autógrafos após um comício, receberá alta do hospital na quarta-feira. Médicos disseram que ele precisará de duas semanas de repouso e que está muito abalado pelo ataque.

Em meio à crescente solidariedade demonstrada por Berlusconi, turistas expressaram interesse pelas estatuetas usadas no ataque.

"Tenho que comprar um souvenir, será um presente de Natal", disse o brasileiro Manuel Magalhães.

As estatuetas, feitas de diferentes materiais, custam entre cinco e 10 euros.

(Reportagem da Reuters TV)

Leia mais sobre Silvio Berlusconi

    Leia tudo sobre: catedralestátuaitáliasilvio berlusconi

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG