Estátuas de Lênin sofrem uma série de ataques misteriosos na Rússia

Os ataques contra as estátuas de Lênin vêm se multiplicando na Rússia: a humilhação mais recente ocorreu nesta quinta-feira em Volgograd (sudoeste), informaram as autoridades locais.

AFP |

A estátua do dirigente comunista, calvo, foi enfeitada com uma peruca, uma brincadeira típica dos cossacos ucranianos, indicou a prefeita desta cidade do Volga, citada pela agência Ria Novosti.

Na véspera, em São Petersburgo, uma outra estátua do pai da Revolução Bolchevique foi atingida no traseiro por uma bomba colocada por atacantes misteriosos.

Por fim, a prefeitura de Piatigorsk, na região de Stavropol (Cáucaso russo), anunciou nesta quinta-feira que um gigantesco retrato de Lênin, pintado sobre uma rocha, foi inteiramente danificado na noite de 23 para 24 de março.

A pintura, que datava de 1925, foi rabiscada com suásticas e sinais antissemitas, indicaram as autoridades locais.

Lênin, morto em 1924 e cujo corpo descansa no mausoléu da Praça Vermelha de Moscou, continua sendo venerado pelos russos nostálgicos da URSS, mas alguns pedem seu sepultamento definitivo.

alf/lm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG