Estados Unidos mantêm apoio ao presidente afegão

Os Estados Unidos continuam apoiando o presidente afegão, Hamid Karzai, enquanto Washington estuda o futuro de sua participação neste país, informou a Casa Branca.

AFP |

"Apoiamos o presidente democraticamente eleito do Afeganistão", disse o porta-voz do Departamento do Estado, Robert Gibbs, acrescentando que, de qualquer maneira, a "revisão da política continua, para assegurarmos o êxito nessa região. Mas ainda não está completa".

Hoje, o jornal "The New York Times" informou que Obama pretende ter uma atitude mais dura em relação a Karzai. A matéria revela que Obama adotará um novo enfoque para o Afeganistão, pondo mais ênfase nos assuntos militares do que na ajuda ao desenvolvimento, e que sua administração vê Karzai como um "impedimento", devido à corrupção.

Gibbs disse que Obama acredita que, no Iraque, assim como no Afeganistão, "somente por meio de um desenvolvimento de longo prazo e sustentável podemos transformar o que acontece ali".

Ao ser questionado sobre se Obama dará continuidade às regulares videoconferências do ex-presidente George W. Bush com Karzai, como divulgou o jornal nova-iorquino, o porta-voz disse que "isso é parte da revisão da política".

"De novo, apoiamos o presidente eleito democraticamente no Afeganistão e esperamos trabalhar com ele e com outros para assegurar a paz, a estabilidade e a segurança na região".

lal/nh/tt

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG