Estados Unidos afirmam que Irã tem que cooperar com a AIEA

Os Estados Unidos estão seriamente preocupados com a aparente falta de vontade do Irã de cooperar com a Agência Internacional da Energia Atômica (AIEA) sobre seu programa nuclear, informou a Casa Branca nesta segunda-feira.

AFP |

"Como disse a AIEA hoje, o Irã precisa fornecer à agência informações significativas e acesso total às suas instalações, se quiser provar suas alegações" de que seu programa nuclear tem fins exclusivamente pacíficas, declarou a porta-voz da Casa Branca, Dana Perino.

"Enquanto isso, vamos continuar alertando sobre as conseqüências negativas que terá a falta de ação iraniana", acrescentou, num momento em que o presidente George W. Bush se preparava para viajar a Nova York para participar da Assembléia Geral da ONU.

Nesta segunda-feira, na abertura de uma reunião do conselho de governadores da AIEA em Viena, o diretor-geral da agência, Mohammed ElBaradei, conclamou o Irã a dar todas as informações necessárias para comprovar que não está "militarizando" seu programa nuclear.

"Ele disse que está muito preocupado, logo, nós também estamos", disse Perino.

A secretária de Estado americana, Condoleezza Rice, deve se reunir em Nova York com seus colegas de França, China, Rússia, Grã-Bretanha, Rússia e Alemanha para tomar uma decisão sobre o assunto.

ok/yw

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG