Estado holandês injeta 3 bilhões de euros na seguradora Aegon

Haia, 28 out (EFE).- A seguradora holandesa Aegon recebeu uma injeção de capital estatal de 3 bilhões de euros, afirmou hoje o Ministério das Finanças da Holanda.

EFE |

Após os 10 bilhões de euros recebidos pelo banco ING, a Aegon é a segunda entidade financeira que recorre ao fundo de 20 bilhões de euros que a Holanda colocou à disposição destes organismos para enfrentar a crise financeira.

Em troca da injeção de capital, o Estado nomeará dois membros no conselho de administração, os diretores da Aegon devem renunciar a suas bonificações deste ano e a máxima compensação diante de um possível afastamento do cargo foi fixado em um ano de salário.

O Estado recebe também ações sem direito a voto e a Aegon poderá comprar até outubro de 2009 um terço das mesmas a um preço de entre 4 e 4,52 euros.

A Aegon também divulgou hoje que, no terceiro trimestre de 2008, registrou uma perda líquida de 350 milhões de euros. EFE mr/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG