Estado de saúde de McCain é bom, segundo exames médicos

O candidato republicano à Casa Branca John McCain não sofre de câncer de pele há seis anos e tem a saúde de um homem bem mais jovem do que aparentam seus 71 anos, confirmou a rede americana de televisão CBS, nesta sexta-feira, citando exames médicos.

AFP |

Os integrantes da campanha de McCain divulgaram mais de mil páginas do histórico médico do senador do Arizona, em uma tentativa de acalmar as preocupações de que ele seria velho demais ou pouco saudável para ser presidente.

A CBS afirmou que o registro médico de McCain mostra que o senador não sofre sinais do melanoma desde 2002. Em 2000, McCain submeteu-se a uma cirurgia de câncer de pele na face, o que lhe deixou uma visível cicatriz no rosto. Além disso, foi ferido e torturado durante a guerra do Vietnam, o que gerou seqüelas que limitam seus movimentos nos ombros, braços e no joelho direito.

Ainda segundo a CBS, os documentos médicos descrevem o senador como "consideravelmente mais jovem que sua idade cronológica baseada em sua saúde cardiovascular". Em um comunicado muito detalhado, o doutor Victor Trastek, da clínica Mayo no Arizona, escreveu que: "ainda que seja impossível prever o futuro sobre a saúde de uma pessoa, não vejo hoje nenhuma razão ou problema médico que poderia impedir o senador McCain de cumprir suas obrigações como presidente dos Estados Unidos".

McCain sente tonturas ocasionalmente quando se levanta, mas os exames mostram que isso é inofensivo e que candidato toma medicamentos para manter seu colesterol baixo.

Caso vença as eleições presidenciais americanas, McCain será o presidente mais velho a assumir o cargo.

col/cl/sd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG