Bilhete dizendo que explosivos estavam em trem de estação junto ao aeroporto foi encontrado. Nenhuma bomba foi achada

A estação de trem de Gardermoen, situada junto ao aeroporto internacional de Oslo, na Noruega, foi fechada nesta quinta-feira após ter sido encontrado um bilhete com uma ameaça de bomba, segundo informações da imprensa norueguesa. A ameaça aconteceu por volta das 15h15 (de Brasília), em um vagão de um comboio estacionado na plataforma de estação 1 da Gardermoen, relatou a porta-voz policial Ola Magna Maele ao jornal local "Jydske Vestkysten". Nenhum explosivo foi localizado.

Logo depois de o bilhete ter sido encontrado, as forças de segurança decidiram isolar a área e evacuar todos os passageiros das instalações. "A ameaça dizia que os explosivos estavam no mesmo trem em que estava o bilhete. O trem e a estação inteira foram evacuados imediatamente", informou o porta-voz da Autoridade Ferroviária da Noruega (Jernbaneverket), Dag Svinsaas. Após quatro horas, foram encerradas as buscas, e o trem voltou a operar normalmente. "Não encontramos nenhuma bomba", afirmou o responsável pela Polícia de Oslo, Svein Arild Howdy.

Passageiros foram evacuadas após ameaça em estação perto do aeroporto em Oslo, na Noruega
Reuters
Passageiros foram evacuadas após ameaça em estação perto do aeroporto em Oslo, na Noruega
Após o aviso, a Polícia norueguesa também interrompeu o tráfego ferroviário que atravessa Gardermoen, uma pequena localidade a 50 quilômetros ao nordeste de Oslo. No entanto, as autoridades confirmaram que a mobilização policial após a ameaça de bomba não afetou o tráfego aéreo do aeroporto de Oslo nem o de suas instalações.

A ameaça foi descoberta horas depois da explosão de dois artefatos em Roma, nas embaixadas da Suíça e do Chile, e da evacuação da representação da União Europeia em Berna (Suíça) após ter sido achado um pacote suspeito.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.