Polícia norueguesa havia isolado o local depois que uma mala suspeita foi deixada em uma das plataformas

A polícia da Noruega reabriu nesta quarta-feira a estação central de Oslo, que permaneceu fechada por duas horas devido a uma "mala suspeita" em seu interior , informou a televisão pública "NRK".

O alarme disparou às 7h30 locais (2h30 de Brasília), quando uma pessoa entrou no edifício com uma mala, a deixou em uma das plataformas da estação e em seguida abandonou o lugar, segundo apontaram as forças de segurança.

A polícia optou por evacuar a estação de passageiros e fechá-la ao trânsito ferroviário, enquanto deslocou uma equipe antibombas ao edifício, localizado no coração de Oslo e a centenas de metros de onde explodiu o potente carro-bomba que matou oito pessoas na última sexta-feira.

Os especialistas encontraram o objeto suspeito pouco depois e, após examiná-lo, determinaram que seu conteúdo não era perigoso.

A estação central de Oslo reabriu suas portas por volta das 10h15, segundo a imprensa local. Segundo as primeiras informações da Polícia, a pessoa que supostamente deixou o objeto suspeito é um homem negro e alto, "possivelmente africano", de entre 25 e 30 anos.

Esta é a terceira vez que a polícia evacua a estação central desde o duplo atentado da última sexta-feira, no qual morreram 76 pessoas: oito em consequência de um carro-bomba no centro de Oslo e 68 baleadas em um acampamento juvenil em uma ilha próxima. Também houve alarma falso nas duas ocasiões anteriores, na própria tarde de sexta-feira e ao meio-dia de domingo.

Estação em Oslo, na Noruega, foi isolada após uma mala suspeita ser encontrada em uma das plataformas
AFP
Estação em Oslo, na Noruega, foi isolada após uma mala suspeita ser encontrada em uma das plataformas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.