Uma britânica morreu e uma holandesa ficou gravemente ferida ao se chocarem em alta velocidade em uma estação de esqui na Áustria nesta semana. As duas esquiavam em uma pista considerada adequada para iniciantes na estação de Kaprun quando ocorreu o acidente, por volta do meio-dia de terça-feira.

A britânica Tracy Boland, de 46 anos, morreu apesar dos esforços do marido e de um médico austríaco que também esquiava no local para ressuscitá-la após o choque.

A mulher holandesa, de 26 anos, foi internada com ferimentos graves.

Nenhuma das duas usava capacete no momento do acidente.

Aorta rompida
Os exames realizados após a morte indicaram que o choque provocou o rompimento da artéria aorta da britânica.

Segundo a polícia austríaca, o marido de Boland não presenciou o acidente.

Os três filhos do casal, com idades entre 8 e 12 anos, também estavam na estação de Kaprun, mas no momento do choque estavam em uma escola de esqui próxima.

"Não sabemos por que o acidente aconteceu. Não há testemunhas", afirmou um porta-voz da polícia local.

"Era um dia com céu claro e não estava nevando. Não havia muita gente nas pistas", disse o porta-voz.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.