Esquiador sobrevive a 17 horas sob a neve depois de avalanche

Um jovem de 21 anos que passou 17 horas preso sob meio metro de neve depois de uma avalanche em uma estação de esqui em Evolène, nos Alpes Suíços, foi encontrado vivo no domingo de manhã sofrendo de leve hipotermia. Segundo o chefe da polícia do cantão de Valais, onde fica a estação de esqui, o fato de o esquiador ter sobrevivido foi um milagre, já que as chances de alguém sobreviver sob uma avalanche diminuem muito depois de algumas poucas horas.

BBC Brasil |

"Nunca ouvi falar de um caso como este", disse Jean-Marie Bornet. "Já é extremamente difícil sobreviver mais de 45 minutos sob uma avalanche."
O jovem, cuja identidade não foi revelada, havia saído para esquiar na hora do almoço, no sábado.

Ele normalmente esquiava sozinho e usava pistas não marcadas, o que aumenta o risco de avalanches.

Às 16h30, hora local, sua família alertou a polícia afirmando que ele não atendia seu telefone celular.

As buscas começaram no sábado à tarde, mas tiveram que ser interrompidas durante a noite, por causa do risco de novas avalanches.

As equipes de resgate identificaram a pista em que o jovem havia desaparecido e os rastros de seu esqui.

No amanhecer de domingo, equipes de resgate sobrevoando o local do desaparecimento de helicóptero detectaram um movimento na neve.

Ao escavar o local, encontraram o jovem, lúcido, com sintomas leves de hipotermia.

De acordo com a polícia, o jovem conseguiu manter uma câmara de ar sob a neve, o que garantiu sua sobrevivência. Ele teria feito movimentos com a cabeça logo depois do incidente, abrindo espaço na neve.

Além disso, ele estava usando as roupas corretas e foi ajudado porque a temperatura não caiu tanto à noite.

Dezenas de esquiadores morrem em avalanches nos Alpes Suíços a cada ano.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG